Vou falar de tudo

Vou tentando acertar e colocar aqui coisas que possam interessar a você.
Seja bem vindo!


quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Mudando de assunto...

Oi Gente!!
Eu que sempre estou aqui mostrando ambientes bonitos, falando de decoração, resolvi abrir um espaço para falar de um email que recebi de uma amiga, que versa sobre somatização.
Tá, tem gente que vai se perguntar o porque de eu colocar isso aqui no blog...
Eu digo que  é porque acho que a gente em que prestar mais atenção nos sentimentos que "guardamos". Quantas vezes vem aquela dor de cabeça "do nada"?  Num dia está tudo bem e dali a pouco sua garganta começa a doer...como? Porque?
Somatização!
É...quando você não põe pra fora aquilo que está te incomodando, lá bem fundinho, o seu corpo reclama.
Aí vai o texto:

O resfriado escorre quando o corpo não chora.
A dor de garganta aparece quando não é possível comunicar as aflições.
O estômago arde quando as raivas não conseguem sair.
O diabetes invade quando a solidão dói.
O corpo engorda quando a insatisfação aperta.
A dor de cabeça deprime quando as dúvidas aumentam.
O coração desiste quando o sentido da vida parece terminar.
A alergia aparece quando o perfeccionismo fica intolerável.
As unhas quebram quando as defesas ficam ameaçads.
O peito aperta quando o orgulho escraviza.
O coração enfarta quando chega a ingratidão.
A pessão sobe quando o medo aprisiona.
As neuroses paralisam quando a "criança interna" tiraniza.
A febre esquenta quando as defesas detonam as fronteiras da imunidade.
Preste atenção!
O plantio é livre, a colheita, obrigatória...
Cuidado com o que está plantando, pois será a mesma coisa que irá colher!
Cuide-se, porque sua saúde e sua vida dependem de suas próprias escolhas!



E então, quanto veneno você anda guardando dentro de você?

Beijos!!

Amigas, tenho tido alguns problemas ao fazer minhas visitinhas a alguns blogs. É que, às vezes, começam a abrir várias páginas e isso acaba travando meu computador. Anteontem mesmo, ele ficou parado por mais de meia hora. Com isso não deu para visitar todos os bloguitos. Por isso não levem a mal se eu não tenho ido ao seu blog ultimamente, tá?  E para completar...recebi uma mensagem da net dizendo que já ocupei toda a franquia da velocidade contratada, que agora, até o final do mês, minha velocidade ficaria reduzida...aí já viu, né? Vai demorar mais um pouquinho...

13 comentários. Aqui você palpita e eu gosto!:

Andreia Lica postou o comentário número:

Rê,

Bom dia!!
Otimo post, pois eu acredito sim em somatização, vamos guardando sentimentos e um dia eles afloram em forma de doença.
Precisamos prestar atenção aos detalhes.

Bjão

Drika postou o comentário número:

Oi Rê!!
amei esse texto, já ouvi falar em somatização mas agora deu pra entender melhor!!
Ah assim que vc fizer o artesanato em jornal me mostra heinnn!!! rsrsr


Obrigada por dividir
bjsss Drika

Maria Célia postou o comentário número:

Bom dia, Renata
Muito bacana o texto. Ando tendo tanta dor de garganta, será que o motivo é que não posso falar das minhas aflições?
Computador travado dá uma raiva, fico brava quando isto acontece.
Bjos

Vania postou o comentário número:

Oi Renata tudo bem? Espero que sim.
Olha vou te falar uma coisa,tudo que está escrito aíé a pura verdade mesmo !!!
Falo por experiência própria...tirando o resfriado,a febre e a alergia...do resto tenho TUDO...ah...só não tenho insônia graças a Deus...tbm seria muito...rs.
Quando fico ENTALADA...fico afônica por uns três dias...sério !!!
Valeu muito vc dividir o email que recebeu...aliás Renata,dividir...é multiplicar,né mesmo?
Tenha uma ótima quarta feira !!!
beijo.

Vania postou o comentário número:

Oi Renata boa noite,
voltei prá dizer que estes "sintomas" me lembraram muito as perguntas que temos que nos fazer ou responder para uma "terapeuta" floral,ou seja, para usarmos florais de Bach,tenho uma amiga que é terapeuta e me emprestou uma apostila muito esclarecedora.Inclusive qdo chega no capítulo sobre a lergias,a pergunta para refletirmos é: Será que estamos com "alergia a alguém ou alguma situação neste sentido?".
Bem interessante vc não acha?
Tenha uma boa noite.
beijo.

Dori DLua postou o comentário número:

Tenho MEDO dessa somatização! Principalmente qndo to na TPM e fico nervosa por qquer coisa q minha filha fale. É complicado!
E ela tem mto problema com garganta e hoje mesmo eu estava pensando nisso: o que pode ser??? E pensei que seria algo que ela quer colocar pra fora e não consegue. Aflições... Pois é. Preciso cuidar bem disso!
Adorei o texto!
Um beijo!

Bruna D. postou o comentário número:

Tbm acredito nisso, a gente é e sente o que a gente guarda conosco...
se pensar coisas ruins ou guardá-las consigo, sempre surgirá algum sintoma... isso é fato comprovado rsrs
Bjs

Bruna
comprandomeuape.blogspot.com

Maria Luiza postou o comentário número:

Oi Renata,
obrigada pelos parabéns!!!
Dia 1 é o seu!!!
bjs

Flávia postou o comentário número:

Oi Rê, não se preocupe, pois nós vem te visitar aqui, rsrsrsrs...
Adorei esse post. Eu confesso que sou uma pessoa que guarda tudo pra si, fico engolindo sapos, e não é fácil. Acredito na boa convivência entre as pessoas. Eu passei por uma situação muito chata e aproveitando o gancho do post, gostaria de desabafar um pouco sobre um contratempo que tive no meu casamento.
Uma tia do meu marido me falou umas besteiras na festa do meu casamento e eu fique calada durante 3 anos. Ela reclamou sobre comida, sabe essas pessoas que só vão as festas pra comer e falar mal. me segurei durante 3 anos, fiquei calada e as únicas pessoas que sabiam do fato eram minha sobra, minha mãe e meu marido, mas acho que outras pessoas souberam também. Enfim, a filha dessa tia vai casar e criou um blog sobre o casório dela e publicou em um post "O que não se deve dizer a uma noiva jamais". eu não me contive e falei o que a mãe dela fez comigo. a principio ela não acreditou, mas ao falar com minha sogra, ela confirmou o fato. Claro que nossa relação ficou abalada, pq falei mal da mãe dela no blog dela, mas saibam que me senti mais aliviada, mais leve, pois sempre chorava quando lembrava desse fato, fiquei muito doente após o casamento e acreditem, chorei e vomitei durante a noite toda, a que era pra ser a noite de núpcias, essa eu não tive!
mas a vida passa e o mundo dá voltas e acredito que o que se faz aqui se paga!
Um forte beijo e adoro o seu blog, desculpa o desabafo, mas eu precisava.

Margarete postou o comentário número:

Muito legal este texto!!!
Renata tem selinho pra vc lá no blog.
bjs.

Ana Cavalcantti postou o comentário número:

Oi Renatinhaaaaaaaaa
Ai que bonito isso, eu acredito muito nessas coisas...guardar coisa ruins é doença na certa !
Já tem algum tempo que eu trabalho essa parte em mim, de nao carregar coisas ruins, sentimentos pobres afff...eu ja procuro resolver aquela questao comigo na hora mesmo, eu tb era muito ansiosa precisei melhorar isso tb , uma coisa vai piorando a outra e hj minha busca é ser uma pessoa leve que não guarda nada ruim, no que eu nao me xalte , nao grite e nao chore ...faço tudo isso ,mas ja resolvi ali naquela hora !!!
Acho que meu sonho é ser um L
Linda, loira, LEVE, ligth, livre !
hahahahaha
Beijooooos

Flavia postou o comentário número:

Re, muito bacana seu post, eu tb acho que a doença da alma acaba refletindo no corpo...acredito inclusive que raiva, rancor, agressividade dão até câncer.
Beijos!!!

Anita postou o comentário número:

É Renata esse negócio de somatização é coisa séria. Vivi um bom período da minha vida sendo considerada a rainha da somatização, a "doença" passeava pelo corpo todo. Sofri mto tempo com tudo isso e principlamente com o fato das pessoas não entenderem o q se passava comigo.Fiz um doctor shopping até entender que a solução estava no consultório do psicólogo. Mas passou, e hj em dia qdo sinto q vou balançar é só começar a inventar que some tudo no ato. bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...